Prefeitura discute sobre obesidade infantil e alimentação saudável com alunos da rede municipal

A obesidade infantil discutida com muita informação e atividades lúdicas para conscientizar sobre a importância de hábitos alimentares saudáveis. A ação, da Prefeitura de São Luís, integra o ciclo de atividades com o tema Obesidade Infantil, que será realizado nesta sexta-feira (20), em escolas da rede municipal de ensino.

O objetivo principal é despertar nos alunos o interesse por alimentos mais saudáveis. A programação é parte das ações da Semana Mundial de Alimentação, comemorando o Dia Mundial da Alimentação – 16 de outubro.

A ação foi pensada para atingir o público que, em geral, opta por produtos menos saudáveis e são mais suscetíveis a comer alimentos com baixo teor de nutrientes, explica a secretária municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Fatima Ribeiro.

 “Esta é mais uma ação realizada pela Prefeitura com o olhar para a saúde das crianças. Sabemos que, nesta faixa etária, o gosto por alimentos pouco saudáveis é uma constante e com essa programação queremos alertar e orientar. O aprendizado vai estimular esses alunos a pensar em um alimento mais nutritivo e ampliar essas práticas com a própria família”, enfatiza a gestora.

Serão atendidas 1.750 crianças com idades entre três e 11 anos, de oito escolas municipais. Na equipe de monitores, nutricionistas e técnicos da Semsa que analisarão também a saúde nutricional das crianças.

AÇÕES

O cronograma de atividades inclui teatro de bonecos “NutriAmigos”, onde por meio de histórias e encenação, a criançada vai aprender como se alimentar melhor e os benefícios que vão ganhar em saúde e qualidade de vida.

“O teatro chama a atenção da criança. Faz com que ela fique atenta ao que é falado. É uma forma de educar e orientar em uma linguagem feita para ela e com informações de grande importância para que ela cresça um adulto mais saudável”, pontuou a nutricionista da Semsa, Maryana Ribeiro.

A oficina Chefes Mirins é outra ação que integra a agenda. Na oficina, as crianças aprendem na prática os benefícios de uma alimentação mais adequada e rica em nutrientes.

Elas colocam a mão na massa para fazer sucos e saladas de frutas e ao final, consomem o que produziram. “As crianças gostam bastante e se envolvem muito. Elas perguntam, querem aprender a fazer, somam com sugestões. A oficina atrai bastante esse público e o que elas aprendem podem fazer junto com seus familiares”, destaca a nutricionista.

Toda a programação é gratuita e as crianças recebem ainda um folder com dicas de alimentação.

Conferência debaterá ações para fortalecimento das políticas de igualdade racial no Maranhão

Discutir e propor políticas públicas voltadas para população negra, para o enfrentamento ao racismo e para o combate à discriminação por crença e etnia e, ainda, elaborar diretrizes para a construção e fortalecimento da política de igualdade racial no Estado do Maranhão.

Este é o objetivo da IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial, que acontece de terça (17) a quinta-feira (19) em São Luís, na Orienta Consultoria, situada na Rua das Laranjeiras, nº 03, Quadra 57, Jardim Renascença.

O evento tem como tema central ‘O Brasil na década dos afrodescendentes’ e é realizado pelo Conselho Estadual de Promoção de Igualdade Étnico-Racial (Ceirma), com o apoio das Secretarias de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e da Igualdade Racial (Seir), ocorrendo em conformidade com o Decreto nº 33.391/2017 do Executivo Estadual.

Serão debatidas questões como o reconhecimento dos afrodescendentes, garantia à justiça, ao desenvolvimento e à proteção contra o racismo, abordando ainda questões como saúde, educação, moradia, igualdade de oportunidades, prevenção e punição de todas as violações de direitos humanos que afetem a população afrodescendente, sistema prisional, combate à pobreza e proteção e valorização da diversidade religiosa.

Gerson Pinheiro, secretário de Estado da Igualdade Racial e presidente do Ceirma, enfatiza a importância da participação social na Conferência.  “A Conferência é um momento impar de participação de todas as organizações do movimento negro para avaliar a política de igualdade racial do governo e para propor novas ações. É o momento de ouvir as demandas da sociedade e a partir delas fazer o planejamento para os próximos anos”, explica.

A Conferência Estadual ocorre depois da realização de seis conferências regionais realizadas em Chapadinha, Imperatriz, Pedreiras, Pinheiro, Codó e São Luís, abrangendo todos os 217 municípios, reunindo ao todo mais de 1300 representantes de comunidades de matriz africana, quilombolas, ciganos e indígenas, além de lideranças políticas e dos governos municipais.

Participam da Conferência os conselheiros estaduais de igualdade, 350 delegados eleitos nas conferências regionais, convidados representando instituições de governo e de entidades civis e ouvintes.

O professor Richard Christian Pinto, membro do Conselho Estadual de Igualdade Racial, Ceirma, reforça o papel de controle social da conferência.

“É na Conferência que a sociedade civil faz o monitoramento e proposição de políticas para serem institucionalizadas pelo poder público e também avalia se as ações implementadas estão atendendo as demandas da população”, informa.

“É uma conquista popular assegurada pela Constituição Federal fruto de uma imensa luta da sociedade civil organizada”, completa o conselheiro.

Após o credenciamento, marcado para a tarde de terça-feira (17), a IV Conferência de Igualdade Racial do Maranhão inicia as atividades com a Mesa de Abertura e a Conferência Magna ‘O Brasil na Década dos Afros descendentes: Reconhecimento, Justiça Desenvolvimento e igualdade de direitos’, ministrada pela professora doutora Silvane Magali Vele Nascimento, assistente social e professora do Departamento de Serviço Social da UFMA, mestra em Psicologia Social (UERJ) e doutora em Políticas Públicas (UFMA).

Programação

Na quarta-feira (18), a IV COEPIR segue na parte da manhã com os trabalhos de grupos temáticos e a palestra: ADIN e o impacto para as comunidades quilombolas; à tarde, haverá discussão e aprovação de propostas nos grupos.

Na manhã da quinta-feira (19) ocorre a plenária final com a apresentação e aprovação das propostas e eleição de delegados/as para a IV Conferencia Nacional de Promoção da Igualdade Racial que ocorrerá em Brasília dias 27 e 30 de maio de 2018.

A programação completa pode ser consultada em www.igualdaderacial.ma.gov.br

Dados sobre a população negra maranhense

O Estado do Maranhão possui a terceira maior população de negros do Brasil, com 76,2% da população autodeclarada preta ou parda, o que corresponde a 5.010.129 habitantes; nesse aspecto, o Estado fica atrás apenas do Pará (76,8%) e da Bahia (76,3%).

Desse percentual, uma parcela significativa encontra-se na zona rural (38,5%), com a população distribuída nas comunidades remanescentes de quilombos, cuja titulação e reconhecimento oficial como detentores de direitos culturais históricos são garantidos nos artigos 215 e 216 da Constituição Federal e no artigo 68 dos Atos das Disposições Constitucionais Transitórias.

Das comunidades quilombolas, 553 são oficialmente reconhecidas pela Fundação Cultural Palmares.

Aliados ou coniventes?

Vereadores de Paço do Lumiar parecem ter esquecido que a Câmara é um poder independente e que entre as atribuições de um vereador está a de legislar e fiscalizar as ações do prefeito.

No município é grande as reclamações dos moradores acerca do descaso com a saúde e com a infraestrutura, mas a maioria dos vereadores mantêm o silêncio.

A justificativa para o silêncio, é a de que são aliados do prefeito Domingos Dutra.

Para maioria da população,  são coniventes. 

Agora é da APAE

Vereador Puluca

O prédio onde funcionou a escola Paulo Sampaio, na Avenida 8 do Maiobão, foi doado a APAE de Paço do Lumiar pela prefeitura.

Segundo o vereador Puluca, a APAE aguarda apenas a publicação no Diário Oficial do Estado para tomar posse do prédio.

Ainda segundo o parlamentar, no local a instituição irá disponibilizar as crianças atendimento nas áreas de neurologia, fisioterapias e psiquiatria.

Uma piscina será construída no local e cursos profissionalizantes serão oferecidos a comunidade.

Crianças da rede municipal de ensino são incentivadas à leitura por meio do projeto “Lê pra Mim?”

Crianças da rede municipal de ensino são incentivadas à leitura por meio do projeto ″Lê pra Mim?″

Estudantes da rede pública municipal ouviam atentamente histórias contadas nesta quarta-feira (4), na Biblioteca Benedito Leite. A iniciativa faz parte do projeto “Lê Pra Mim?”, que leva o mundo dos livros a crianças de escolas públicas e que foi idealizado pela atriz Sônia de Paula e pelo produtor Marcelo Aouila.

Esta é a segunda edição do projeto que convida atores para lerem para as crianças. A atividade prossegue até quinta-feira (5).

O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, destacou a importância do projeto e que a gestão do prefeito Edivaldo tem fortalecido iniciativas de valorização e incentivo à leitura.

“O conhecimento é um bem de valor único. Ninguém pode nos tirar o que os livros nos ensinam. A gestão do prefeito Edivaldo não tem medido esforços para garantir ferramentas e espaços de incentivo à leitura as crianças da rede, procurando formar novos leitores, cidadãos conscientes de seus direitos e deveres”, disse o titular da Semed.

O objetivo é fomentar o gosto pela leitura, a partir da relação da criança com o contador da história. “De alguma forma, as crianças conhecem eles, assim fica mais fácil para plantar a sementinha”, diz Sônia de Paula, explicando que acredita estar “plantando uma sementinha” em crianças que podem vir a ser, elas próprias, escritoras. “Não sei se eu vou ver, mas tenho certeza que meus netos e bisnetos vão ver esses frutos”, pontuou.

INCENTIVO

Os pequeninos de 5 e 6 anos das Unidades de Educação Básica (U.E.Bs.) Alberto Pinheiro e Creche Maria de Jesus Carvalho, Centro, ficaram entretidos, participando e prestando atenção.

Para a professora, Gilcilene Veloso, Infantil II da Creche Maria de Jesus Carvalho, a iniciativa soma com as atividades do cantinho da leitura que são realizadas em sala de aula.

“O trabalho é de suma importância, pois a leitura abre um leque imaginário para as crianças e a partir daí ela vislumbra novos modelos de personagens de conhecimentos”, destacou a professora.

As crianças aproveitam a história, e ainda se divertem no passeio. Sofia Evelyn Santos da Silva, conta que gosta muito de ler. “A história de Ritinha que não enxerga foi a melhor porque a tia contou que mesmo com alguma deficiência podemos fazer várias coisas e sermos felizes”, contou Sofia, de 6 anos.

Danton Tales Gaioso Coelho, da mesma idade de Sofia, também estava encantado com a atividade. “Na minha casa minha mãe sempre lê história para mim. Aqui também foi muito legal os tios foram bem divertidos”.

Barbara Regina Costa Araujo, mãe de dois estudantes da (U.E.B) Alberto Pinheiro, Micael Arthur Costa Araujo, 6 anos e Lívia Mara Costa Araujo, 4 anos, aprovou a parceria e a disponibilidade da escola de oferecer mais recursos para o aprendizado das crianças.

“O incentivo à leitura começa nessa idade em casa e a escola dando apoio. O programa é muito bom que leva as crianças para um universo de aprendizagem dentro da biblioteca”, disse.

“O rabo do macaco”, de Sonia Junqueira foi uma das histórias lidas pelo ator maranhense Lauande Aires. Ele revelou que a experiência de contar histórias lendo direto do livro para as crianças foi bastante interessante.

“É muito gratificante especialmente com a interação que a criança predispõe no momento, chega cheia de vontade. A leitura é fundamental porque é nessa fase que nós precisamos ocupar esses espaços com literatura, arte e cultura de modo geral, e isso vai alimentar nesses futuros leitores o desejo de consumo da literatura e da arte de forma em geral”, concluiu.

 

Senador Lobão vai à reeleição

Senador Edson Lobão vai disputar reeleição

Após resultado de recentes pesquisas realizadas no Estado que o apontam como favorito para ocupar uma das vagas do senado, o senador Edson lobão garantiu que irá a reeleição em 2018, pelo Maranhão.

“Me orgulho de ser um senador que tem o Maranhão como bandeira de luta e o povo do meu Estado como prioridade número um, por isso todos os dias me sinto mais revigorado nessa luta de amor e dedicação ao nosso povo”. 

Segundo aliados, Lobão possui uma larga folha de serviços prestados ao Maranhão e tem se destacado em Brasília por sua luta na busca de melhores condições de vida para a população maranhense.

Ainda segundo aliados, o número de emendas enviadas por Lobão ao Estado ultrapassa os R$ 100 milhões.

Eles disseram também, que o senador Edson Lobão nunca deixou de percorre o Estado e nem de ouvir a população, que tem demonstrado interesse em que ele permaneça no senado.

Para Lobão, o sentimento do maranhense é de continuar vendo seu trabalho em 2019. Ele descartou a disputa por outros cargos e disse que irá continuar no senado.

“Sou senador pelo Maranhão e com a ajuda de Deus e do povo, vou continuar sendo”, disse.

Agenda Cultural

A Galeria Trapiche Santo Ângelo é palco do encerramento dos espetáculos do Núcleo Atmosfera, com o tema “Espelhos: uma instalação em movimento”, no dia 28/09 (quinta-feira), às 19h.

Na ocasião, haverá uma intervenção com as personagens Frida, Safira e Ofélia, que são extraídas de diferentes obras que mesclaram em suas composições elementos teatrais, dança e performance.

Os ingressos são R$ 20,00 e meia-entrada R$ 10,00.

IV Festival Internacional de Folclore e Turismo tem parceria da Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís é parceira do IV Festival Internacional de Folclore e Turismo, tem programação até sábado (30). O evento é promovido pela Unesco, tem parceria de secretarias estaduais e o apoio de empresas locais.

A programação conta com apresentações artísticas de Cuba, Polônia, Estados Unidos, Paraguai e Colômbia e as delegações nacionais dos estados do Pará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Rio de Janeiro e Maranhão.

Exposição “Acervos” está em cartaz na Galeria Trapiche

Pinturas e esculturas do conjunto de bens que ocupam os prédios e órgãos públicos do município. Essa é a Exposição “Acervos”, que fica em cartaz até 4 de outubro na Galeria Trapiche Santo Ângelo.

Composta por 22 obras dos artistas maranhenses João Carlos Pimentel, Ana Rodrigues, Francisco Moreno, Edson Mondego, Antônio dos Anjos, Marlene Barros, Miguel Veiga, Franssoufer, Telma Lopes, Thiago Martins e Tom Bezerra, a exposição traz a temática sobre a cidade e engloba o acervo oficial adquirido ao longo de 30 anos, aliando arte e história.

As visitas podem ser realizadas de segunda a sexta, das 14h às 19h, na Galeria, localizada na Avenida Vitorino Freire, em frente ao Terminal de Integração da Praia Grande.

Espaço Amei

A programação do Espaço Cultural e Livraria Maranhense Amei desta quinta-feira (28) conta com o ‘Seminário Estadual, Cultura, Educação e Turismo – Desafios para o Século XXI’; lançamento do livro ‘Agora eu conto’, de Arquimedes Viegas Vale.

No sábado (30), vai ter o Seminário Estadual, Cultura, Educação e Turismo – Desafios para o Século XXI; o 20º Sarau de Athenas com a palestra ‘Projeto PensAtivamente: Educando em Verso e Prosa’ e apresentação da professora e jornalista Sandra Almeida e depois música e poesia, na coordenação do Dr. João Bentivi.

Para fechar o dia acontece a apresentação musical ‘Hino à Ilha do Amor’ com Teresinha de Jesus Rocha Braga e Clayber Rocha Braga.

O lançamento do livro ‘Receitas da Vovó Lourdes’, de Maria de Lourdes Mota Serra,será terça-feira (3).

 

Curso de Radialismo de graça na Estácio

Estácio de São Luís oferece curso de Radialismo de graça

Começa neste sábado (23) as aulas do Curso de Radialismo da Faculdade Estácio de São Luís.

O curso tem duração de quatro meses e é destinado a profissionais que atuam em rádios comunitárias do Maranhão.

As aulas acontecem aos sábados no laboratório da Estácio, no bairro Diamante. O Curso é gratuito.

Em 2016 a Estácio de São Luís fechou a rádio experimental utilizada por alunos após a visita de funcionários do Ecad.

Você também é parte

 

Anjo da Guarda está em festa

Você pode até não ter nascido no Anjo da Guarda, mas é parte dele, ajudou a construir sua história.

Por isso, você tem milhares de motivos para comemorar.

São 49 anos de lutas e muitas conquistas.

Parabéns!

Pedro Jarbas e Berilo Freitas- Advocacia e Consultoria Jurídica.

(98) 98800-3201

Moradores reclamam da falta de higiene na feira do Anjo da Guarda

Moradores da área Itaqui-Bacanga que utilizam a feira do Anjo da Guarda para fazer compras reclamam da forma como são expostos os alimentos comercializados no local.

Segundo a dona de casa, Maria da Silva, a falta de higiene é visível dentro e fora da feira.

Ainda segundo a dona de casa, os feirantes expõem alimentos nas calçadas, próximo a esgotos, que correm in natura, e a animais como gatos e cachorros que circulam pelo local.

Um feirante que prefere o anonimato, por medo de represália, disse que as obras de reforma da feira eram para ter sido iniciadas no mês de fevereiro, mas até agora nada foi feito.

O Secretário Ivaldo Rodrigues não foi encontrado para falar sobre o assunto.