Apenas publicidade

Em sua peça
publicitária para atrair novos alunos, uma faculdade particular da capital maranhense
mostra uma instituição acima de qualquer problema.
Ao ingressar na
instituição, os alunos descobrem que não é a maravilha vendida pela publicidade.
Os equipamentos
utilizados no laboratório de TV ainda são analógicos e a rádio experimental foi
fechada.
A culpa do fechamento,
segundo a direção, é do Escritório de Arrecadação (ECAD), que teria visitado o
laboratório e exigido o pagamento de direitos autorais de músicas executadas.
As aulas onlines são um
pesadelo para os alunos. Muitos encontram dificuldades para acessa-las, e o
índice de reprovação é significativo.
Reclamar para os
responsáveis nem sempre resolve o problema.
Lá não é difícil ouvir
falar da quantidade de disciplinas com conteúdo idênticos oferecidas aos alunos
por preços que pesam no bolso.
A falta de formação
específica de certos professores da matéria lecionada, também chama a atenção
dos alunos.

Assim não tem José, não
tem Estácio e nem Sá que aguente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*