Vereadores procuram Luís Fernando para tentar evitar derrota para o G 9

Luís Fernando teria prometido reverter derrota do grupo de Leonardo Bruno 
Sentindo a derrota
bater à porta o grupo de vereadores de Paço do Lumiar liderado pelo vereador
Leonardo Bruno (PPS) procurou na semana passada o prefeito eleito de São José
de Ribamar, Luís Fernando, para pedir apoio e tentar evitar a derrotar para o
Grupo dos Nove (G 9), que permanece unido e com amplas chances de conquistar o
comando da Câmara de Vereadores do Município.
Apesar da
necessidade de ter um presidente aliado no legislativo municipal, o prefeito
eleito Domingos Dutra não tem demonstrado tanto interesse na eleição da casa quanto
o vereador Leonardo Bruno (PPS).
Medo de perder eleição para o G9 tira o sono  Leonardo Bruno 
Foi de Leonardo,
segundo aliados, a indicação da chapa encabeçada pelo vereador Jorge Brito e
Fernando Muniz, imposta a Domingos Dutra na última segunda-feira (26). Ainda Segundo aliados, foi dele também a ideia de procurar Luís Fernando.
Mesmo tendo consciência
de que será difícil vencer a eleição na Câmara,  Leonardo e seu grupo alimenta a esperança de
que Luís Fernando poderá lhe assegurar a vitória.

O prefeito Luís
Fernando não foi encontrado para falar sobre o caso.

Campeã da São Silvestre diz que não esperava bater recorde

A grande campeã da
prova feminina da 92ª edição da Corrida de São Silvestre, a queniana Jemima
Sumgong, disse que esperava ter bom desempenho na prova, mas que se surpreendeu
com a quebra do recorde ao terminar a corrida com 48 minutos e 35
segundos. A marca anterior, de 48min48s, da também queniana Priscah
Jeptoo, já durava cinco anos.
Medalhista de ouro na
maratona dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a atleta disse que o mais difícil na
corrida de hoje foi reunir energia para a subida da Avenida Brigadeiro Luiz
Antônio sob o tempo muito quente e úmido que a cidade de São Paulo tem neste
sábado.
Outras competidoras
estrangeiras que subiram ao pódio também se queixaram do calor e da subida de
Brigadeiro. Flomena Cheyech Daniel, do Quênia, chegou na segunda posição, com
49min15s; Eunice Cehbicii, do Bahrein, na terceira, com tempo de 50min26s; Ymer
Wude da Etiópia, em quarto lugar, com 51min40s e a etíope Ester Chesang Kakuri
completou o pódio feminino com 51min45s. Todas agradeceram a acolhida que
receberam no Brasil e manifestaram a intenção de disputar a São Silvestre a
prova.
Já a brasileira Tatiele
Roberta de Carvalho, que chegou em sétimo lugar com tempo de 54min01s, disse
ter ficado muito alegre com o resultado e que a posição é consequência de muito
treino.”O nível deste ano estava altíssimo.” Finalista na Rio 2016, ela contou
que a cada passada ouvia seu nome durante o percurso e isso a ajudou a melhorar
o seu desempenho. “Fecho 2016 com a sensação do dever cumprido”. Tatiele disse
que agora vai se preparar para disputar a corrida dos 10 mil metros de Londres.
Masculino

O brasileiro Giovani
dos Santos, que chegou em quarto lugar com tempo de 45 minutos ante 44m53s do
grande vitorioso, o etíope Leul Aleme, disse que ficou satisfeito com seu
desempenho na corrida. No ano passado, Santos chegou em quinto lugar. Sobre o
seu nível de preparação física comparou ao efeito da maturação do vinho. “Assim
como o vinho quanto mais velho, melhor eu fico”, brincou.

Leonardo Bruno impõe e Dutra aceita Jorge Brito como presidente

Vereador Leonardo Bruno  
O vereador Leonardo Bruno (PPS) mostrou na última
segunda-feira (26), uma forte influência sobre o prefeito eleito Domingos
Dutra.
Foi de Leonardo Bruno a indicação da chapa
encabeçada por Jorge Brito e Fernando Muniz para concorrer à presidência da
Câmara.
Prefeito eleito Domingos Dutra 
Foi dele também a indicação de Wellington Sousa para
a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.
Leonardo ainda reservou para si o cargo de primeiro secretário.

Domingos Dutra não teria feito nenhuma objeção.


Putin confirma cessar-fogo na Síria a partir de amanhã

Vladimir Putin
A Rússia e Turquia
confirmaram hoje (29) que vão garantir o cessar-fogo na Síria a partir da
meia-noite de 30 de dezembro, declarou o presidente russo, Vladimir Putin,
segundo a agência russa Tass.
De acordo com a
declaração de Putin, que se reuniu com o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, e
das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, três documentos foram assinados,
informou a Agência Ansa.
“O primeiro
documento foi assinado entre o governo sírio e a oposição armada, o cessar-fogo
na Síria; o segundo é um sistema de medidas para controlar o regime da trégua
enquanto o terceiro é a declaração sobre a disponibilidade para iniciar as
conversações de paz a solução do conflito na Síria.”
Rússia e Turquia estão
muito envolvidas no conflito sírio, no qual apoiam grupos contrários. Moscou é
o principal aliado de Bashar al-Assad, enquanto Ancara defende os rebeldes.

A cooperação
russo-turca permitiu concretizar um cessar-fogo há duas semanas em Aleppo e a
evacuação de milhares de rebeldes e civis dos bairros recentemente
reconquistados pelo governo.

MP pede cassação do diploma do prefeito e vice-prefeito eleitos

Magno Bacelar é alvo de Ação do MPMA
O Ministério Público
Eleitoral (MPE) interpôs, em 19 de dezembro, recurso para anular a diplomação
de Magno Bacelar e Talvane Ribeiro Ortegal, prefeito e vice-prefeito eleitos do
município de Chapadinha.
A medida foi assinada
pelo promotor eleitoral Douglas Assunção Nojosa na 42ª Zona Eleitoral do
Maranhão.
De acordo com o
documento, os políticos utilizaram os mais diversos artifícios para obter o
registro de suas candidaturas, fazendo desaparecer o nome de Magno Bacelar da
lista de gestores inelegíveis e com contas rejeitadas, elaborada pelo Tribunal
de Contas da União e enviada ao Tribunal Superior Eleitoral.
Mesmo com contas
julgadas irregulares, por vício insanável e com decisão irrecorrível, Magno
Bacelar ingressou com recurso na Justiça Federal e obteve liminar favorável
para suspender os efeitos da decisão do TCU até o julgamento do mérito da ação.
Em seguida, o Tribunal retirou o nome do político da lista de gestores com
contas irregulares.
Entretanto, ao cumprir
a decisão, o TCU cometeu um erro, pois suspendeu não apenas os efeitos
atinentes ao processo TC 019.149/2011-5, mas também do TC 015.666/2002-8, este
último não foi objeto de qualquer questionamento judicial.
Em seguida, o nome de
Bacelar deixou de figurar na lista dos gestores fichas sujas, sendo excluído em
5 de agosto de 2016, poucos antes do encerramento do prazo para a impugnação do
registro de candidaturas.
Somente após o
deferimento da candidatura e realização das eleições, o TCU revisou os
processos e constatou o erro, reinserindo, em 10 de outubro, o nome de Magno
Bacelar na lista dos gestores inadimplentes.
“A questão de fundo que
deve ser enfrentada por essa Corte Eleitoral diz respeito à possibilidade de
alguém que figura com contas julgadas irregulares por vício insanável, por ato
doloso de improbidade administrativa, e com trânsito em julgado, possa ser
candidato a cargo eletivo e exercer o mandato, apesar da inelegibilidade
constante, conforme a Lei Complementar nº 64/1990”, questionou, no recurso, o
promotor eleitoral.
Na avaliação do MPE, o
diploma deve ser cassado, em razão de impedimento legal, inviabilizando o
exercício legítimo do mandato.
Douglas Nojosa
destacou, ainda, que, ao obter, mediante erro do TCU, o registro de sua
candidatura, Bacelar “maliciosamente ofendeu não apenas os demais candidatos,
mas principalmente os eleitores de Chapadinha, e ainda a própria Justiça
Eleitoral, que chancelou uma candidatura eivada de nulidade, sem que reunisse
condições para a disputa regular e legítima do pleito”.
Nojosa também afirmou
no recurso que os cidadãos e eleitores de Chapadinha foram “ludibriados e
induzidos a erro, votando em um candidato que não reunia todas as condições
legais para disputar o cargo”.

Dutra quer um presidente aliado

Domingos Dutra trabalha para eleger presidente da Câmara
O prefeito eleito de Paço do
Lumiar, Domingos Dutra, tem se empenhado para eleger o presidente da Câmara de
Vereadores.
Ele convocou para as 19h desta
segunda-feira (26), em sua residência, no Maiobão, uma reunião com os
vereadores eleitos.
A pauta é a eleição na Câmara.
Segundo fontes, Dutra quer ter durante
sua administração um presidente aliado.

Sem noção do perigo

Comandante Mauro Sérgio Correa

O comandante da Guarda Municipal
de São José de Ribamar, Mauro Sérgio Correa, parece não ter noção do perigo que
sua tropa corre durante as abordagens realizadas em locais tidos como violentos
no município.

Sem coletes balísticos,
porte de arma de fogo e sem habilidades para manusear armas, os guardas
municipais estão realizando operações, apreendendo armas e efetuando prisões em Ribamar.

A ordem para realizar
as abordagens, vem do comandante Mauro Sérgio, que parece não ter amor pela
vida de seus comandados.

Sancionada lei que libera presença de doulas em partos na capital

O prefeito de São
Paulo, Fernando Haddad, sancionou hoje (23) o projeto de lei que permite a
presença de doulas em maternidades municipais e hospitais privados contratados
pelo município.
As doulas são
profissionais que oferecem apoio emocional e conforto físico às gestantes. Elas
ficam, agora, autorizadas a permanecer com as futuras mamães durante consultas,
exames de pré-natal, pré-parto, parto e pós-parto imediato, com seus
instrumentos de trabalho.
Com a nova lei, a
gestante ganha o direito a entrar na sala de parto com a sua doula e também com
um acompanhante. A doula, no entanto, não pode fazer procedimentos e dar
diagnósticos restritos aos profissionais de saúde, mesmo se ela tiver formação
na área.
Implementação

A autora do projeto,
vereadora Juliana Cardoso (PT), pediu empenho das doulas e ativistas em prol do
parto humanizado para garantir a efetivação da medida. “Vai ter muita briga
ainda dentro do hospital, porque a gente sabe que não é o fato da gente ter a
lei sancionada que ela vai vigorar tão rápido. Vai depender muito mais de nós
de estarmos juntos e organizados, dialogando, principalmente na Secretaria de
Saúde”, disse durante a cerimônia em que foi anunciada a sanção da lei.
“Esse projeto foi a
porta de entrada. Tem muito ainda o que fazer. Mas só o começo já foi
incrível”,  disse a doula Gabriela Gavioli. Entre as barreira para o
acesso ao parto humanizado, ela destacou o alto custo dos serviços e da
capacitação na área.
Para contornar esse
problema, Gabriela destacou a formação oferecida por grupos como o
Multiplicando Doulas, que não tem valor fixo, mas aceita a colaboração que a
participante puder pagar. “Conseguiu pegar gente da periferia, que eram pessoas
que eram excluídas pelo valor”, ressaltou sobre os resultados da iniciativa.
Segundo ela, um curso de doula, com 40h de duração, custa entre R$ 1 mil e R$
2,5mil.
A doula e psicóloga
Débora Villanova também acredita que a nova lei trará benefícios às gestantes.
“Eu já acompanhei parto de gestante em hospital público. Quando chega um
determinado momento, ela precisa escolher entre a doula e o marido. Porque a
doula não entrava, não tinha esse direito. Então, para mim, agora é incrível a
doula poder entrar e não ser o acompanhante”, disse.

As práticas
convencionais que, de acordo com Débora, imobilizam a mulher durante o trabalho
de parto, dificultam os processos naturais do corpo. “O parto é um processo
fisiológico horizontal. Então, quando você coloca a mulher sem se mexer e
movimentar, esse parto acaba sendo mais difícil, doloroso e longo”,
acrescentou, sobre a importância do acompanhamento de pessoas capacitadas em
parto humanizado.

Secretário de Segurança

Tenente-coronel Araújo vai comandar Secretaria de Segurança
O Tenente-coronel Jorge
Araújo vai comandar a Secretaria Municipal de Segurança Publica de São José de Ribamar.
Homem de confiança do prefeito
eleito Luís Fernando, Jorge Araújo terá a missão de contribuir para diminuir o índice
de violência no município, que aumentou nos últimos dias.
É dele também a missão
de preparar a Guarda Municipal para atuar na prevenção e combate à violência.

A escolha do novo comandante
da Guarda Municipal, também será de Jorge Araújo. 

Bloqueio das contas do município é determinado a pedido do MPMA

Atendendo pedidos do
Ministério Público do Maranhão, contidos em Ação Civil Pública, a Justiça
determinou, em 14 de dezembro, o bloqueio das contas do Município de
Viana no percentual de 60% pelo tempo necessário ao completo pagamento de
todos os servidores públicos municipais em atraso.
Devem ser bloqueadas especialmente
as contas relativas ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Imposto
sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Fundo de
Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e royalties.
A manifestação
ministerial foi formulada pelo promotor de justiça Lindemberg do
Nascimento Malagueta Vieira. Proferiu a decisão o juiz Celso Serafim Junior.
Consta nos autos que o Município
vem atrasando, há vários meses, o pagamento da remuneração mensal de todos os
servidores, independentemente do vínculo empregatício ou do
local de lotação, bem como de fornecedores e prestadores de serviços.
PEDIDOS
Foi ordenado também
que o Município encaminhe à agência do Banco do Brasil de Viana,
no prazo de 24 horas, as folhas de pagamento dos servidores de qualquer
natureza (efetivos, comissionados e contratados),cujos salários estejam atrasados, para
que sejam providenciados os pagamentos. Igualmente deve ser feita
a quitação das dívidas com os fornecedores de merenda escolar e de
materiais de saúde pública contratados.
Caso as folhas de
pagamento não sejam apresentadas, o Município estará sujeito à pena pelo cometimento
do crime de desobediência, além de pagamento de multa diária de
R$ 2 mil.